Seguro Desemprego 2018: Como Receber? Valor

Diversos cidadãos que atenderem às exigências do Governo Federal poderão receber o Seguro Desemprego 2018. Ficar desempregado é uma situação totalmente desagradável e que ninguém quer passar. O Seguro Desemprego 2018 é um benefício pago a todos os cidadãos que se encontram nessa situação.

Seguro Desemprego 2018

Seguro Desemprego 2018

Qualquer Cidadão Pode Receber o Seguro Desemprego 2018?

O único objetivo da criação do Seguro Desemprego é beneficiar os cidadãos que ficaram desempregados, dando-lhes o mínimo para garantir a sobrevivência.

➜ Faça o Cálculo com o  Valor do Salário Mínimo 2018

Nem todas as pessoas podem receber esse benefício, pois como é um programa criado pelo Governo Federal, é necessário obedecer algumas exigências.

Abaixo você poderá conferir as condições necessárias para receber o Seguro Desemprego 2018. Acompanhe:

  • O primeiro requisito para que o cidadão possa solicitar o Seguro Desemprego 2018 é que ele tenha sido demitido sem justa causa e que tenha trabalhado no mínimo por 12 meses na mesma empresa.
  • Para solicitar o benefício pela segunda vez, é necessário apresentar um período de trabalho de pelo menos 9 meses na mesma empresa.
  • Para benefícios solicitados pela terceira vez, o prazo cai para 6 meses.
  • Sócios de empresas ou que tenham apenas participação na sociedade de alguma empresa não poderão solicitar esse benefício.
  • Trabalhadores rurais são protegidos pela lei, sendo essa um pouco diferente: deverão ter trabalhado por pelo menos 15 a 24 meses corridos com carteira assinada.


Como Receber o Seguro Desemprego 2018?

O trabalhador que foi demitido sem justa causa deverá requerer esse benefício imediatamente após o desligamento da empresa, que vai do 7º ao 120º dia após a demissão.

➜ Entenda as Regras de:
    CNH Social 2018

O requerimento do benefício deve ser feito diretamente na DRT (Delegacia Regional do Trabalho), nas Agências credenciadas da Caixa Econômica Federal ou no SINE (Sistema Nacional de Emprego).

Veja quais documentos apresentar:

  • Documento de identificação oficial com foto;
  • Carteira de trabalho e Previdência Social (CTPS);
  • Documento de Identificação de Inscrição no PIS/PASEP;
  • Requerimento do benefício do Seguro Desemprego;
  • Comunicação oficial impressa de dispensa do trabalhador feita pelo Empregador Web no Portal Mais Emprego;
  • TRCT (Termo de Rescisão do Contrato de Trabalho​), com o código 01 ou 03 ou 88, devidamente homologado, para os contratos superiores a um ano de trabalho ou Termo de Quitação de Rescisão do Contrato de Trabalho (acompanha o TRCT) nas rescisões de contrato de trabalho com menos de um ano de serviço ou Termo de Homologação de Rescisão do Contrato de Trabalho (acompanha o TRCT) nas rescisões de contrato de trabalho com mais de um ano de serviço;
  • Extrato que comprove os depósitos do FGTS;
  • CPF.

Valor do Seguro Desemprego 2018

É muito importante que o trabalhador saiba que o valor das parcelas do Seguro Desemprego 2018 são calculadas com base nos últimos 3 salários recebidos por ele.

No caso de trabalhadores domésticos em situações extremas de escravidão da qual tenham sido resgatados ou pescadores artesanais, o valor do benefício é de 1 salário mínimo.

As parcelas de pagamento são:

Primeira solicitação

  • Quem trabalhou por 18 a 23 meses recebe 4 parcelas do benefício.
  • Quem trabalhou por mais de 24 meses recebe 5 parcelas.

Segunda solicitação

  • Quem trabalhou por 9 a 11 meses recebe 3 parcelas do benefício.
  • Quem trabalhou por 12 a 23 meses recebe 4 parcelas do benefício.
  • Quem trabalhou por 23 meses recebe 5 parcelas.

Terceira solicitação

  • Quem trabalhou por 6 a 11 meses recebe 3 parcelas do benefício.
  • Quem trabalhou por 12 a 23 meses recebe 4 parcelas do benefício.
  • Quem trabalhou por 23 meses recebe 5 parcelas.

 

Adicionar Comentário